segunda-feira, 4 de agosto de 2008

'Errado ou Certo'

Ninguém nunca te proibiu de experimentar o que você deseja, e porque agora, você receia pelo desconhecido? Tem medo daquilo que nunca provou, mas que sempre ansiou pelo gosto? Sempre quis provar, para saber as sensações, as emoções, os gostos e já que agora provara daquilo que não é certo, porque a cara de desgosto? Agir por impulso é fato, insistir nisso é descaso. Mas nós sabemos que o proibido sempre te apeteceu e sempre te apetecerá, mas até quando sua vontade irá aguentar? Sem nem ao menos você termina algo que começa, ou vai até o fim numa relação em que você se esforçou para conquistar e destroí com todo o descaso que você pode reunir? Até quando você vai levar as coisas desse jeito? Saiba que para isso e outras coisas, existe o livre-arbítrio.

2 comentários:

Lidia Zuin disse...

Meu, seus textos são muito intimistas ahahahah... Tanto parecem que são pra alguém, qnt parece que é pra gente mesmo. Isso é legal, vc consegue penetrar na culpa da pessoa, na consciencia. Gostei do texto, principalmente da frase "Agir por impulso é fato, insistir nisso é descaso."

Lidia Zuin disse...

Obrigada pelo comentário! Achei legal você ter notado qual era o final que eu quis omitir hahahah
Eu só tenho inspiração quando estou triste, basicamente... Quando eu estou irritada, eu também tenho inspiração, mas eu não faço nada que preste hahaha. Faço textos assim como esse seu, intimistas, mas eu perco a sutilidade e tenho uma violência irracional, impulsiva... aí perco qualquer razão hahaa