terça-feira, 15 de julho de 2008

'Tempos de Cólera'

Olhando para o passado, percebemos que os tempos já não são mais os mesmos. Toda glória que outrora famílias se vangloriavam se dissipou e o ardor do amor proibido, foi realmente trancado. Novos ares varrem nossas terras, como aqueles que possuem sede de vingança. Lembranças foram apagadas, assim como um borrão no caderno. Alimentamos-nos da esperança alheia, cobiçamos o próximo e sua felicidade, queremos o que não é nosso, desejamos ter tudo e conseguimos pouco. Desrespeitamos qualquer um que passar em nossas frentes. Acabaremos com famílias se for possível. Inocentes eles nunca foram, desde o dia que mataram alguém da mesma tribo. Vidas nunca foram poupadas quando guerras foram travadas, nesses campos que não podem mais assumir o título de ‘Elíseos’. Finalmente a peste corroeu todo esse ódio que havia dentro de cada um. Nos dias atuais, ninguém pode dizer que é inocente. Caso isso aconteça, você já sabe o que fazer...

Um comentário:

lê B. disse...

quando li esse texto no seu fotolog logo pensei "quantos ele fumou antes desse post?"