domingo, 17 de fevereiro de 2008

'A Minha Solidão'

Consegui perder algo valioso, quando estava no ápice. Consegui desperdiça a oportunidade de colocar tudo em pratos limpos e assim veio meu destino fazer aquela última coisa se tornar desastrosa e acabar destruindo todos os outros 'pratos'. Hoje, depois de uma longa noite em que pensamentos foram cuidadosamente ruminados e analisados. além de conselhos que foram ouvidos e adquiridos, vejo que é tarde para um deles, pedir a devida desculpa que merecia e que a hora de fechar a boca para comentários idiotas é a hora de fechar a boca. Chorei pelo leite derramado, não tanto quanto gostaria, afinal ouvi que chorar faz bem, mas minha concepção é outra, chorar passa aquele sentimento de dó em certas situações, em situações que eu estava. Sei que essa metade foi perdida, quem sabe conseguirei recupera-la a passos de tartaruga, como foi para consegui-la. Mas a outra metade, a metade que eu vejo, sinto e desejo recuperar. Essa foi inesperada assim como a outra, mas que me ajudou e que me deu o conforto nas horas certas, que me deu conselhos que hoje levarei para toda a vida e me disse coisas que na hora da inveja foram cegadas. Eu faço uma promessa, uma meta: não deixarei seus inúmeros votos de confiança de lado, não quero que tudo se vá por uma coisa rídicula e que repito, só eu mesmo para conseguir. Farei nossa amizade valer a pena, farei você recuperar a sua confiança em mim. Pode demorar, talvez demore, mas eu conseguirei recuperá-la, porque agora que perdi, a força de vontade por fazê-la voltar a sua base natural fala mais alto. Agradeço por tudo dito, de coração e braços abertos. E choro em silêncio pela maneira como tenha ido, mas repito mais uma vez, que farei tudo valer a pena novamente...como antigamente.

Nenhum comentário: