sexta-feira, 19 de março de 2010

'Veneno'

Ontem tive a primeira aula decente de sociologia e o professor disse uma coisa verdadeira: uma mente apaixonada, é uma mente turva. Quando estamos com os hormônios fervilhando pelo nosso corpo, vemos o que queremos ver e sentimos o que queremos sentir. Isso seria uma armadilha entrelinhas, já que não sabemos se aquilo é verdadeiro. Nessas horas a mente podia usar uma toxina que nos desse a chance de recobrar os sentidos antes de fazer uma grande besteira.

Um comentário:

Laura Dourado disse...

Ahhh, como podia né...